Mentor Contábil | Contabilidade no Tatuapé SP

Consultoria Contábil Especializada
para Sua Empresa

Ajudamos empresas e prestadores de serviços a solucionar questões tributárias, folha de pagamento, imposto de renda, análise e desempenho da contabilidade.

Negócios para se trabalhar em casa

Hoje em dia está se tornando cada vez mais comum as pessoas largarem o emprego para começar seu próprio negócio. Que tal você começar seu próprio negócio, e melhor ainda, trabalhar no conforto de sua casa? vamos ver algumas profissões.

1. Alimentação saudável

O ramo de alimentação é um dos mais citados quando se fala em empreender casa: muitos conhecem alguém que cozinha brigadeiros ou salgadinhos como um bico. E é também o ramo que vem crescendo cada vez mais.

Uma nova tendência nesse mercado é a alimentação saudável. Mesmo sendo um ramo de nicho, vemos um grande crescimento em produtos sem muitos carboidratos, sem lactose ou sem ‘detox’.

2. Aulas de idiomas e consultorias online

Dar aulas e consultorias em casa ou pela internet é algo cada vez mais comum. Mais do que isso: é uma boa opção para quem é um profissional especializado e de perder o emprego.

Esse ex-funcionário vira um MEI e presta serviços dentro de casa. É possível atuar em vários setores como por exemplo: aulas de idiomas, coaching de carreira, consultas de contabilidade e finanças e consultas psicológicas. Além de dar aulas ao vivo, também é possível vender produtos que já estão finalizados.

3. Artesanato e decoração

O artesanato e também a decoração são outros empreendimentos para trabalhar da própria residência, sem investir muito capital. E, dependendo da sua habilidade em formar relacionamentos, a procura pode ser bem grande.

Dá para participar de bazares, montar uma loja virtual ou focar em decoração e lembrancinhas para eventos como casamentos e aniversários, por exemplo.

4. Costura

Em tempos de forte retração econômica, muita gente começou a preferir reformar do que comprar. Por isso, o tradicional ramo da costura ganhou ainda mais força . Uma costureira pode ter em casa uma sala disponível e transformá-la em uma pequena oficina caseira, com os itens necessários para se trabalhar e reformar bolsas, mochilas e roupas.

O único requisito que tem, é ter habilidade para fazer pequenos reparos em roupas. É algo bastante valorizado, especialmente nos grandes centros, em que muitos não têm essa habilidade de costura. Para quem trabalha bem, não falta serviço.

5. Fazer compras por outros

Se você estuda o mercado de luxo, provavelmente já ouviu falar em um profissional chamado “personal shopper” ou seja, uma pessoa especializada em fazer as melhores compras possíveis. O investimento inicial, está apenas na sua capacitação profissional, na divulgação dos serviços e no relacionamento com os clientes.

Há muitos estilistas e gerentes de moda que acompanham pessoas de alto poder aquisitivo e as ajudam a escolher a melhor roupa, por exemplo. Elas podem ganhar de quem compra o serviço e também da loja, que pode dar uma comissão.

Agora você já pode escolher sua profissão e começar a trabalhar no conforto de sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *